Poema

Espalhe me

Espalhe me
Quando vir meus olhos risonhos,
Alegre se comigo sou eu feliz… Espalhe-me
Em cada palavra que escrevo tem sussurro da alma,
Tem meu ser na intensidade de viver,
Espalhe-me
Se vires meu silêncio, o horizonte fitar,
Venha comigo dividir o prazer cativante,
Espalhe-me
Mas no caminho também se encontra espinhos,
Quando me vires pisando com todo cuidado,
Espalhe-me
Não fui criado para pré-julgar o semelhante,
Penso, repenso e torno a refletir.
Espalhe-me
Quando perceberes que úmido ficou meu semblante,
Talvez não seja tristeza minha, mas de um amigo,
Espalhe
Compartilhar a dor não impede de logo ali, sorrirmos juntos
Tudo sempre tem o seu devido tempo.
Espalhe-me
Tem precisão de me ver feliz?
Basta que sua alegria seja contagiante,
Espalhe-me
A trajetória da vida é feita de prática,
E aprender em cada nascer da alvorada,
Espalhe-me
Sou o amor.

Autoria: Vanderlei Rodrigues
Direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *