Crônicas

Desequilíbrio distante.

Abro o verbo agora, para refletir sobre os últimos acontecimentos veiculados principalmente pelas redes sociais, um energúmeno que alçou a posição de presidente do STF, sem nunca ter passado em uma prova para juiz, o retrato fiel do que significa a nossa sociedade, um povo frouxo, covarde e medroso, um povo conivente quando os seus interesses estão em jogo, em todas as esferas políticas.
Me debruço em artigos e leis vigentes em nossa nação e concluo que o acovardamento do senado está intrinsicamente ligado ao seu envolvimento direto com a corrupção e as mazelas da injustiça que permeiam nossas leis, que eles mesmos os ratos e escorpiões do famigerado congresso Nacional, estende as suas mãos à corte suprema que evoca a cada dia uma postura de ditador cruel nunca imaginável em nossa nação.
Prender um deputado que exprimiu sua opinião que reflete o pensamento de 7 em cada 10 brasileiro, retirando o direito ao manifesto e até mesmo o de ser entrevistado (isso pode acontecer com vc amanhã). Assisto sem susto a indolência de 513 deputados e 81 senadores com o cu na mão sem a devida coragem de defender a carta magna.
Nós os pobres mortais, estamos anestesiados e satisfeitos com o direito de do ouro lado da tela de um smartphone, chamar as otoridades de qualquer nome impronunciável nos tempos de minha avó.
Pois bem…
Durante quase 30 anos fomos desgovernados por comunista disfarçado de sociólogo, um sindicalista disfarçado de socialista, uma terrorista disfarçada de… bem de uma anta mesmo, e o que nos foi deixado de presente??
Uma geração ignorante, preguiçosa, burra, alienada e presa a pseudos desejos importados de vontades alheias.
Junta se a isso o descaso de formadores de opinião ante a destruição total da família e dos bons costumes.
Nós últimos dias vimos uma sociedade aprisionada feito gado, a mercê de falsas formações que provocaram o pânico e o desequilíbrio emocional. Tudo milimetricamente planejado pelos senhores da guerra, possuidores de poderes estratosféricos na base da fortuna conquistada através de lobes politicamente incorretos com um único propósito fazer de ti um otário.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *