Crônicas

Confie em mim

A receita certa não existe, mas,  os efeitos colaterais estarão sempre presentes em nossas vidas. Tomamos decisões que perpetuarão na mente de todos nós, causadas pelo o descaso e do erro em não refletir. Apontar a partícula minúscula no olhar de outrem, sem observar o mastro de arrogância em nossa vista, é a mais cruel escolha. Pois quando apossamos de uma ideia,  gesto ou manifestação de seu  "opositor", sem que externamos o seu devido crédito, o risco de colidir logo ali é iminente diante da tela de TV, que se sucumbe a cada click ou flash de um aplicativo na rede mundial de computadores. Pois a cada byte, se apresentam mais e mais interligados e "controlados" pelos senhores da guerra virtual, em busca da usura pelo tostão e riqueza de em solo tupiniquim.
O chefe de uma fronteira, dentro de uma nação gigante, se sente como golias diante de amontoado de gado, que sucumbido pelo medo e ausência de sabedoria na íntegra, se vendeu às manchetes manipuladas  por uma organização mundial a serviço de poucos,  que detém a hegemonia de algo que, direta ou indiretamente, aprisiona pequenas nações corroídas  durante décadas por raptores da liberdade, e algozes que deturpam o grande júri. E como senhores da guerra se lambuzam com caviar e abrem os dentes artificiais, quebrando o decoro parlamentar, e se sentindo isentos, na certeza de que serão inocentados pelos seus pares. Enquanto permanece o pânico, eles observam as ovelhas seguindo em filas rumo ao matadouro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Get 30% off your first purchase

X